Menu
29 out 2016

Brasileiro é mantido em cativeiro por 20 anos e vizinhos nem suspeitaram

Acelerador do Inglês 2.0


0403
O que você está prestes a ler é uma história chocante. Um brasileiro chamado Armando Bezerra de Andrade, que viveu dos 6 aos 16 anos com o pai, a madrasta e o meio-irmão em Guarulhos, São Paulo, foi mantido em cativeiro por quase vinte anos sem levantar suspeitas.

De acordo com João Batista, um morador próximo, de 58 anos de idade, o jovem era sociável. Foi aos 16 anos que ele sumiu, e o pai dizia a quem perguntava que o filho estava vivendo bem em uma cidade do interior.

No último dia 20 de outubro, a polícia foi até a região devido a uma denúncia de tráfico de drogas e, por acaso, descobriu Armando na casa da família após entrarem no imóvel.

Ele estava acorrentado a uma cama em uma pequena casa com banheiro e quarto, com a barba crescida até a altura do umbigo e o local se encontrava cheio de fezes e urina.

Depois da descoberta, os vizinhos disseram que nunca desconfiaram de nada. “Fazíamos churrasco a poucos metros de onde ele estava. Nunca ouvi um pio dele. Acredito que a madrasta, que era enfermeira, o mantinha dopado. É muita crueldade, desumano”, disse João Batista.

11056
A família se mudou com ajuda de escolta policial, o muro da casa foi pichado por pessoas indignadas e Armando foi levado ao hospital para receber atendimento médico.

Segundo o pai alegou em entrevista, seu filho não estava residindo com eles e passou a fazer isso há poucos dias.

4362

TAGS

Comente

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *